Sincomat

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Restrição de caminhões na cidade de São Paulo

Até 2014, os Veículos Urbanos de Carga (VUCs) de qualquer ano, estavam liberados para trafegar em horários de pico no centro expandido da cidade de São Paulo. Isso significava que cerca de 24 mil caminhões de pequeno porte poderiam abastecer diariamente pontos comerciais a qualquer hora do dia na Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC).


No cadastro da Companhia Engenharia de Tráfego (CET), há 30.914 VUCs – 20% devem ficar fora das ruas todos os dias por causa do rodízio de placas, e agora, com mais essa proibição, mais 15 mil VUC com mais de 10 anos de uso também estarão fora de circulação.


Para trafegarem na ZMRC, os VUCs deverão ter um cadastro na Secretaria Municipal de Transportes (SMT).

A inscrição pode ser feita pelo site da prefeitura, pelo link-  http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/transportes . Os veículos já inscritos já podem trafegar.

Quem não estiver regularizado e for flagrado será autuado por infração média: multa de R$ 85,13 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).


ATENÇÃO: Em 2014, quem tiver dificuldade para cadastrar pelo site veículos com mais de 10 anos de uso, já cadastrados anteriormente, sugerimos que preparem um pedido por escrito de cadastro do(s) veículo(s), idêntico ao anterior, e protocolem direto na Secretaria Municipal de Transporte, na Rua Boa Vista, nº 236, Centro, São Paulo, Capital, ou CET-Companhia de Engenharia de Tráfego, na Rua Sumidoro, nº 740, Pinheiros, SP, setor de protocolo, informações pelo Tel. (11) 3030-2338. 

Nosso departamento jurídico examinou a legislação e não encontrou nada sobre essa mudança. Por isso, sugerimos que protocole o requerimento acima e aguarde o resultado, e se for o caso, entre na Justiça.

 

AS RESTRIÇÕES AOS DEMAIS VEÍCULOS

Na marginal Tietê as multas começaram na segunda-feira dia 5 de março. Não pode circular caminhões de segunda a sexta-feira das 5h às 9h e das 17h às 22h, só podem circular das 9h às 17h e das 22h às 5h. Sábado manteve-se a proibição, não pode circular das 10h às 14h. Domingo e feriado podem cirular livremente sem restrição.


Além da Marginal Tietê, a fiscalização será feita entre a Ponte Aricanduva e a entrada da Rodovia dos Bandeirantes; nas avenidas Salim Farah Maluf, Professor Luis Ignácio de Anhaia Melo, Tancredo Neves, Presidente Wilson, Avenida do Estado, Paes de Barros, Ermano Marchetti, Marquês de São Vicente e na Rua das Juntas Provisórias.

Na marginal Pinheiros, av. Bandeirantes av. Afonso D' Escragnole Taunay e av. Jornalista Roberto Marinho o horário de restrição de circulação de caminhões é diferente, das 4h às 22h.

Com essa mudança a restrição na marginal Tietê, onde os caminhões não poderão circular de segunda a sexta-feira das 5h às 9h e das 17h às 22h (podem circular sem multa apenas das 9h às 17h e das 22h às 5h), sábado não podem circular das 10h às 14h, exceto domingo e feriado, que podem circular livremente.

Serão considerados irregulares e passíveis de autuação por transitar em local e horário não permitidos, os veículos que não estiverem devidamente cadastrados. A multa é de R$ 85,12, infração média, quatro pontos na carteira de habilitação e a fiscalização será por agentes e eletrônica (radares fixos) que são dotados de Leitores Automáticos de Placas (LAP).

CEAGESP/CEASA

As novas regras vão manter um canal de acesso à Ceagesp (Ceasa São Paulo). O tráfego de caminhões será liberado nas marginais Tietê e Pinheiros, mas apenas entre a rodovia dos Bandeirantes e a ponte do Jaguaré, incluindo o Cebolão e seus acessos.

CADASTRO DE TRANSPORTE DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS

Os caminhões de transporte de produtos alimentícios perecíveis poderão circular das 4h às 12h, mediante porte de autorização especial. Os caminhões de feirantes estão liberados das 5h às 16h, exceto feriados, que não há restrição.

Por enquanto, é necessário ter a autorização especial e fazer o cadastramento no Departamento de Operação do Sistema Viário - DSV, pela internet no endereço eletrônico, não paga nada. Basta clicar no link abaixo:

 http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/transportes

Após este cadastro,  a própria secretaria orientará sobre o envio dos seguintes documentos:

      1-    CNPJ da empresa requerente(cópia simples);

      2-    CPF/MF do representante com poderes de administração hentai porno (cópia simples); 

3-    no caso de procurador, a procuração específica com firma reconhecida, acompanhada do CPF/MF do procurador (cópia autenticada);
 
4-     Contrato Social e última celebrity nudes alteração (cópia simples);
 
5-    Certificado(s) de Registro de Licenciamento do(s) Veículo(s) - CRLV, que serão cadastrados, frente e verso;

6-    Comprovante que o veículo cadastrado é utilizado no serviço de entrega de produtos alimentícios perecíveis, com data de emissão de até os últimos 3 (três) meses. Ex.: notas fiscais de entrega de produtos alimentícios da empresa localizada no Entreposto Terminal de São famous people Paulo da Ceagesp, ou de remessa para outro local (cópia simples);
 
7-    Para os casos de o veículo cadastrado não ser de propriedade da empresa, comprovante do vínculo entre o veículo envolvido transportador, tais como: Contrato de Prestação de Serviços de Transporte, ou Declaração da empresa contratante localizada no Entreposto Terminal de São Paulo da Ceagesp com o transportador e destinado à entrega de produtos alimentícios fora do Entreposto da Ceagesp (original com firma reconhecida).
VENCIMENTO DO CADASTRO
Quem já fez o cadastro precisa verificar a data do vencimento.

O Atendimento é realizado através do número 1188.
Se estiver ligando de fora do município de São Paulo, ligue (11) 3396-6709.
Qualquer dúvida ligar para o número 1188. Se estiver ligando de fora do município de São Paulo, ligue (11) 3396-6709. 

Continua normal o rodizio de veículo pelo final da placa, mesmo com este cadastro.

 Veja as vias que já estão proibidas de circular:
 

mapa_restricao_caminhao

•Na Marginal Pinheiros (em todas as suas denominações), pistas local e expressa, no trecho compreendido entre a Ponte do Jaguaré e a Ponte do Morumbi (excluídas da restrição as referidas pontes e suas alças de acesso), nos dois sentidos;
•Na Av. dos Bandeirantes - em toda sua Naked Girls extensão, nos dois sentidos;
•Na Av. Affonso D´Escragnolle Taunay - em toda sua extensão, nos dois sentidos;
•Na Av. Jornalista Roberto Marinho - em toda sua extensão, nos dois sentidos.
•Na Avenida Giovanni Gronchi, entre Av. Carlos Caldeira Filho e Av. Morumbi;
•Na Avenida Morumbi, entre a Ponte cartoon porn pics do Morumbi e a Avenida Prof. Francisco Morato;
•Na Rua Dr. Luiz Migliano, em toda extensão;
•Na Avenida Dr. Guilherme Dumont Vilares, em toda a gaysex extensão;
•Na Avenida Jacob Salvador Zveibil, em toda a extensão;
•Na Avenida João Jorge Saad, em toda a extensão;
•Na Rua Eng. Oscar Americano, em toda a extensão;
•Na Avenida Padre Lebret, em toda a extensão;
•Na Avenida Jules Rimet, da Praça Roberto Gomes Pedrosa até a Avenida Padre Lebret.
Excepcionalmente os Veículos Urbanos de Carga – VUC (6,30 m de comprimento total por 2,20 m de largura) tem o trânsito liberado, por período integral, nas referidas vias, mediante cadastramento no Departamento de Operação do Sistema Viário - DSV.

Na região do Morumbi o horário da proibição será mantido das 5h às 21h durante a semana e, das 10h às 14h, no sábado. Feriados também não entram nesta proibição. As vias da região onde há  restrição são: Avenida Giovanni Gronchi (entre Avenida Carlos Caldeira Filho e Avenida Morumbi), Avenida Morumbi (entre a Ponte do Morumbi e a Avenida Prof. Francisco Morato, Rua Dr. Luiz Migliano (em toda a extensão), Avenida Dr. Guilherme Dumont Vilares (toda a extensão), Avenida Dep. Jacob Salvador Zveibil (toda a extensão), Rua Eng.  Oscar Americano (toda a extensão), Avenida Padre Lebret (toda a extensão), Avenida Jules Rimet (entre a Praça Roberto Gomes Pedrosa e Avenida Padre Lebret) e Avenida João Jorge Saad (toda a extensão).

Comentários  

 
0 #156 osmanipedro 04-03-2015 08:09
Concordo com todos. Essa lei que implantaram afetou direto todos nós trabalhadores. Estou revoltado, pois esse é o meu sustento. Agora é mais um desempregado por conta desses imbecis que inventaram essa lei. Fiquei sabendo a pouco dias atrás no momento de fazer o recadastramento .
Estamos juntos pra tentar reverter essa situação. Por lei temos o direito de ir e vir, será que não temos o direito de trabalhar?
Citar
 
 
+1 #155 Nivaldo Rodrigues 13-02-2015 16:22
Gente, Prestem muita atençao!, nós miseros mortais, que nao somos políticos, pois somos honestos e pretendemos ganhar o nosso sustento trabalhando; ao contrario destes políticos do partido que deveria trabalhar em prol da gente, trabalhadores e que infelizmente nao podemos trocar nosso velho caminhao, uma vez que nao temos nenhuma linha de credito especial ou insençao de impostos, como os taxistas, por exemplo, só temos uma saída:- NOS UNIRMOS. Isto mesmo, só com a união da maioria de nós, prejudicados por estes, que governam para os mais abastados, consiguiremos mudar este quadro de perseguição que esta sendo arbitrada, pelo prefeito "suvinil", (corredores de ônibus e ciclofaixas), Caros colegas! quem concorda e quer lutar contra tudo isto que nos impede de buscar o nosso pão de cada dia, faça contacto conosco, pelo meu e-mail, para quem sabe criarmos uma associaçao e entrarmos com uma açao coletiva, talvez... Aguardo contacto e sugestões.
Citar
 
 
0 #154 Nivaldo Rodrigues 09-02-2015 20:16
Eu achava que aquele lixo do kassab, era o pior de tudo que ja tinhamos visto, mas me enganei; este Maldade, conseguiu ser muito pior... Desejo que ele seja reeleito nos quintos dos infernos...
Citar
 
 
+2 #153 Fabio diniz 14-01-2015 10:42
Pessoal vamos da a resposta a esse cara, nas urnas
Pois somos trabalhadores que perdemos
O direito de trabalhar, por uma autoridade que esta la pra melhorar a situação de cada um de nós. No entanto aprovam uma lei que impossibilita o direito de trabalharmos, sem pensar nas consequecias que iriam causa. Pois muitos companheiros estão pasando ate fome.
É lamentavel . E ainda dizem que é partido dos trabalhadores, imaginem se nao fossi?
Citar
 
 
0 #152 JOSÉ ANTONIO 09-01-2015 10:33
BOM DIA!
TENHO UM CAMINHÃO E TRABALHO COM TRANSPORTE DE ESCORAMENTO METÁLICO PARA CONSTRUÇÃO DE PRÉDIOS,
GERALMENTE É FEITO NO CENTRO DE SÃO PAULO TENDO Q PEGAR DIVERSAS VEZES A MARGINAL TIETE OU A PINHEIROS,QUAND O CH black gay EGO NA OBRA JA PASSOU DAS 23:30 AI VOU COMEÇAR A DESCARREGAR E LOGO VEM OS MORADORES RECLAMAR DO BARULHO , CHAMA A POLICIA COMO A GENTE FOSSE ALGUM TIPO DE CRIMINOSO E SOMOS ENQUADRADOS NA LEI DO PSIU E ISSO QUANDO OS MORADORES EM VOLTA NÃO JOGA PILHAS, FOGOS DE ARTIFICIO EM CIMA DA GENTE PODENDO NOS FERIR , TENHO FAMILIA , FILHOS PRA CUIDAR , NÃO CONSIGO TRABALHAR POR CAUSA DESSAS LEIS , SÓ POSSO TRABALHAR A NOITE DORMINDO MUITAS A VEZES 2 OU 3 HORAS POR DIA POR CAUSA DESSAS LEIS MAL FEITA DE VOCÊS O QUE FAZER DURANTE O DIA É RESTRIÇÃO E A NOITE É A O PSIU ?, ACHO QUE VOCES NÃO QUEREM Q A GENTE TRABALHE.
Citar
 
 
+2 #151 marcos fernandes 06-01-2015 13:34
sr.prefeito gostaria de perguntar: o que o sr. veste,come,bebe ,, sera de que forma chega até o sr.garanto que não é de taxi e nem em seu carro,com certeza é de caminhão,porque então privar-nos de trabalhar e tirar nossos sustento e de nossa familia,porque não,fazer restrição para carros de passeio,pois muitos só atrapalham quem esta trabalhando,poi s ficam celebrity porn passeando e aumentando o transito.
Citar
 
 
+1 #150 alexandre 03-01-2015 18:09
NO país só aparecem" situacoes "das quais só ferra as pessoas que fazem parte da classe daqueles q madrugam !!! Na hora de quebrarem as pernas do trabalhador ,aparece 1miserave dest ,fazendo 1lei desta ,não deve se julgar o ano do veiculo ,se estiver em ccondicoes de conservaco boas ,não logica está lei !!!!!
Citar
 
 
+2 #149 carlos 18-12-2014 11:57
Eu comprei um ducato ano 97/98 no documento
É caminhao me ferrei o que fasso com o direito de
Ir e vir vc naked celebrities faz manutençao e tem carro e nem isso faz , nao posso entra em sp é rodagem simpres
Precisamos entra nao justiça , o governo do coloca
Imcopetente para administra o trasito nao sabe nada agora diminuiram ate kilometragem e dosi
Se aluem tiver um advogado bom poderiamos pedir indenizaçao mobile porn tubes . Em quem cofiar ????!!!!!!
Citar
 
 
+4 #148 Sandro 25-11-2014 10:00
É meu Brasil, cada um só vê o seu lado tbm tenho uma Sprinter 1997 e não posso celebrity sex tapes mais trabalhar, mto obrigado por mais uma vez fazer meus filhos passarem necessidades " novamente", Tenho certeza que seus filhos estão de barriga cheia mas um dia vcs iram pagar o preço se já não estão pagando por pensarem só em si mesmo
Citar
 
 
+4 #147 samuel gomes 12-11-2014 18:14
deveria ter restrição para carro de passeio não para caminhões ! afinal os produtos em geral que todos consomem chegam de caminhão... agora o que dizer de tantos veículos de passeio rodando na cidade de são paulo deveria ser liberado somente em finais de semana
Citar
 
 
+9 #146 laercio 06-11-2014 21:20
Aonde estão os tantos sindicatos de motoristas que vivem a cobrar anualmente a taxa de contribuição? Se acovardam, se escondem nos deixando sós. Também tenho um caminhão VUC ano 1990, comigo a sete anos todo inteiro e bonito e não posso trabalhar. Garanto-lhes, onde vai um novo o meu também vai. Mas um imbecil qualquer criou essa lei que me impossibilita. Por que não criam uma forma de ficar com nossos veículos como parte de pgmto. e nos liberem novos?
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Você está aqui: Home